Escultura da Venini bate novo recorde mundial

Dizer que a escultura da Venini bateu um novo recorde mundial seria muito cliché. Foi a peça mais cara de vidro de Murano alguma vez vendida: chegou a $737.000 no Wright Auction, um dos mais conceituados leilões de Arte e Design no mundo. Originalmente estimada entre US $300.000 e US $500.000, Thomas Stearns completou a escultura “La Sentinella di Venezia” em 1962.

Conforme referido na Architectural Digest, “La Sentinella di Venezia” foi uma das peças principais da época de Stearns com a Venini. O estilo de Stearns é marcado por formas assimétricas – muitas vezes duas peças fundidas – e traços de cor ousados, e as suas obras exibem uma nova narrativa dentro da beleza tradicional dos vidros Venini.

Aconselhamos a ler mais sobre esta esplêndida escultura e sobre a biografia de Thomas Stearns no próprio site da Wright

EnglishItalianPortuguese